Oops...
Slider with alias slider 5 not found.

O processo natural de misturar e falsificar memórias não pode ser negado ou evitado pelos psicoterapeutas. Ao contrário, este deve ser usado de maneira eficaz para promover a saúde mental.

Peres et al., 2005

Memória é a capacidade de organizar e reconstruir as experiências e impressões passadas a serviço das necessidades, temores e interesses atuais

Schachtel, 1947

Lembrar envolve a reconstrução de um trama coerente por meio de fragmentos disponíveis

Squire e Kandel, 2003, p. 90

O passado é maleável e flexível, modifica com novas interpretações das recordações e re-explicações do que aconteceu

Berger, 1963

Biologicamente, fisiologicamente, nós não somos muito diferentes uns dos outros; historicamente e narrativamente, cada um de nós é único

Sacks, 1985

Eu fiz isso, diz minha memória. Eu não posso ter feito isso, diz meu orgulho. Ao final, cede minha memória.

Nietzsche, 1886

A mente é seu próprio lugar, e em si, pode fazer do céu o Inferno e do inferno o Céu

Milton, 1996, p.44
Clínica Julio Peres – R. Maestro Cardim, 887 – Bela Vista – São Paulo – SP, 01323-001     Whatsapp: (11) 97572-1848 | Telefones – (11) 3288 6523 / (11) 3284 8929
 
Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google